O projeto Arinos consiste em uma análise em um plantio de Mogno-Africano (Kahya ivorensis A. Chev.) na cidade de Arinos no norte do estado de Minas Gerais.

O plantio possui cerca de 40 hectares com 500 mudas por hectare. A finalidade do plantio é o sistema agrossilvipastoril que visa ter na mesma área produção florestal e produção animal. As mudas estão com aproximadamente cinco meses de idade e se encontram com desenvolvimento fraco e bem heterogêneo, necessitando dessa forma de recomendações práticas que visam melhor desenvolvimento inicial do plantio.

O projeto teve presença de quatro membros da Florestal Jr. Consultoria UFV em campo, eles fizeram uma análise visual de todo o plantio, avaliando as condições das raízes, das folhas, caule, dentre outros. Realizaram a coleta de solo e de área foliar para posterior análise em laboratório. Fez-se ainda o levantamento entomológico de possíveis pragas que poderiam atacar o plantio além do georreferenciamento de todo o plantio.

O plantio não teve o acompanhamento e as recomendações adequadas por isso a dificuldade no crescimento foi tão nítida, o excesso de nutrientes foi outro problema eminente e práticas serão tomadas para melhora dessas situações, onde consigamos alavancar o plantio do cliente e assim aumentar a produção de madeira da área.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *